Especialidade

O Centro Médico de Arouca conta com a técnica e experiência de técnicos de fisioterapia, para qualquer problema com que se depare:

- Massagens
- Calor húmido
- Ultra sons
- Gelo

Novos Tratamentos para a Saúde da Mulher

O pavimento pélvico é um conjunto de estruturas musculares, miofasciais, ligamentares e neurais, que constituem o ‘chão’ da nossa pélvis. Essas estruturas têm a função de suportar os órgãos pélvicos – bexiga, útero e intestinos no caso da mulher, bexiga e intestinos no caso do homem.
Permitem, também, a continência urinária e fecal, a micção, a defecação e a satisfação sexual. Qualquer alteração no normal funcionamento do pavimento pélvico pode comprometer uma ou, até, todas essas funções.

Uma disfunção do pavimento pélvico pode provocar:
- Incontinência urinária;
- Bexiga hiperativa;
- Prolapso dos órgãos pélvicos;
- Dor pélvica;
- Dor perineal;
- Disfunções sexuais;
- Incontinência gases ou fezes;
- Obstipação crónica.

Não necessita de recorrer aos pensos toda a vida.

Existem mais opções que são eficazes, com bons resultados e com o mínimo risco para a sua saúde, antes de uma cirurgia.

A fisioterapia, está indicada como a primeira abordagem terapêutica para a prevenção e tratamento das disfunções do pavimento pélvico e consiste em:

- Reeducação dos músculos do pavimento pélvico através da melhoria da amplitude de contração muscular, fortalecimento/relaxamento, alongamento e/ou massagem;
- Reeducação abdominal, postural e respiratória;
- Aumento da percepção e consciencialização corporal;
- Tratamento de cicatrizes, zonas dolorosas ou pontos dolorosos do pavimento pélvico;
- Recuperação pós-parto.

Um pavimento pélvico debilitado pode dar origem a incontinência urinária e/ou fecal, prolapso, disfunções sexuais ou dores lombares.

Esteja atenta a estes sintomas!

Corpo Clínico

Dr. Bruno Guimarães